MULADHARA CHAKRA – 7 Dicas para Firmar as Bases do seu Bem Estar

Muladhara chakra é o centro de energia presente no início da coluna vertebral.

Significa base ou fundamento. Também é conhecido como Chakra Básico, Chakra Raiz ou 1º Chakra. Muladhara chakra é responsável pelo instinto de sobrevivência e conexão com o plano físico nos seres vivos.

Existem velhas correntes de pensamento que consideram o plano material como sujo, impuro e indigno. Em razão disto, desdenham o corpo físico e louvam o plano espiritual. Muitos cometem este erro atualmente, mesmo sem perceber.

A questão é que o plano físico é tão sagrado como qualquer outro e “deixá-lo de lado” tende a gerar sofrimentos desnecessários.

Pessoas com debilidades em Muladhara Chakra tendem a ter:

– Medo de não conseguir sobreviver;
– Medo de passar fome;
– Medo de não ter onde morar;
– Medo de ficar na miséria;
– Não honrar seus familiares e ancestrais;
– Falta de trabalho ou não ver propósito no que faz;
– Ausência de responsabilidade pelas suas ações;
– Incapacidade de ter persistência na vida e superar desafios;
– Escassez de dinheiro ou recursos financeiros;

Se identificou com um ou mais temas citados acima? Isso pode simbolizar a necessidade de algum ajuste no seu Muladhara Chakra.

Fique tranquilo, aqui vão 7 dicas que poderão te ajudar a fortificar suas raízes.

Muladhara Chakra – 7 Dicas para Firmar as Bases do seu Bem Estar

1- Andar de pés descalços

Tente encontrar um momento do seu dia em que você possa tirar seus sapatos e meias e ficar com os pés diretamente no chão. Se possível, caminhe em um gramado, areia ou terra e você obterá melhores resultados.

2- Cultivar uma horta

Mexer com Terra é uma ótima maneira de trocar energias com o plano terrestre. 10 a 15 minutos por dia são o suficiente para renovar suas energias.

3- Cuidar da Alimentação

Como está a qualidade da sua alimentação? Que nutrientes seu corpo precisa? Suprir as necessidades básicas do seu corpo físico é fundamental para o perpetuar seu bem estar. Consulte um nutricionista de confiança se sentir em seu coração de fazê-lo.

4- Deitar no Chão

Deitar no chão, apenas com um pano/canga/mat de yoga entre o corpo e o solo. Experimente intercalar entre a posição de decúbito dorsal (barriga pra cima) e decúbito ventral (barriga para baixo).

5 – Trabalhar com Amor

Seja qual for sua profissão e tarefas a cumprir no seu dia, faça como se estivesse dando um presente a alguém muito querido. E de fato está! O Universo precisa do seu trabalho para seguir evoluindo.

6 – Praticar Exercícios Físicos com Consciência

Movimente seu corpo consciente de cada ação. Perceba as batidas do seu coração. Sinta o sangue correr pelas veias e artérias. Perceba seus limites e respeite-os. Mais vale um pouco a cada dia do que forçar a barra 1x por semana.

7 – Troque energia com uma Árvore

As árvores simbolizam a relação perfeita entre as polaridades corpo e espírito. As raízes firmes no chão permitem o crescimento e desenvolvimento do seu corpo. Abraçar uma árvore irá descarregar sua energia negativa no solo e sentar-se com as costas apoiadas no tronco irá te carregar energia positiva.

Importante: antes de trocar energia com uma árvore, seja gentil, peça licença e siga sua intuição. Também verifique cuidadosamente o seu tronco pois podem haver insetos peçonhentos.

Desejo que estas informações te ajudem a conectar-se com a Mãe Natureza. Ela nos provê de tudo o que necessitamos para fazermos o que precisa ser feito em nossa jornada espiritual.

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário, logo abaixo, para eu saber um pouco sobre você.

Namastê
Augusto

Postado por Augusto Genehr

Augusto Genehr é Terapeuta Holístico, mestre em Reiki, Astrólogo, Instrutor de Yoga e Meditação. Há 8 anos se dedica profissionalmente a ajudar pessoas a se harmonizarem através do autoconhecimento.

  1. Augusto, gostaria de saber onde vc atende, para eu marcar um horário, se possível for

    Responder

    1. Olá, Romualda! Gratidão pelo contato. Te enviarei por e-mail as informações para você se consultar comigo. Abraços. Amor e Luz

      Responder

  2. Obrigada pela forma tão gentil com a qual exerce seu trabalho. Quando leio ou ouço seu material me sinto acolhida, e não como recebendo ordens do que tem que ser feito para atingir a tal conexão. O ponto que mais me tocou nesse texto foi sobre fazer o seu trabalho como se estivesse presenteando alguém. Eu tenho certa dificuldade com isso. Mesmo se tratando de um projeto que tenho total interesse, sentar para fazer as partes me causam enorme dor, e quase sempre procrastino, aumentando culpa é insatisfação pessoal.
    Um abraço, com muito carinho.

    Responder

    1. Olá, Luana! Que lindo seu feedback, te agradeço muito. Tenho certeza que encontrarás enorme realização no seu trabalho. Paciência e perseverança. Enorme abraço! =)

      Responder

  3. Obrigada pelo texto breve, claro e cheio de conteúdo e ótimas dicas! Estou precisando mesmo recarregar as energias!

    Responder

    1. Olá, Ive! Gratidão pelo seu comentário, fico feliz que você gostou. Já se inscreveu Workshop de Harmonização dos Chakras? É uma ótima oportunidade para renovar as energias. Paz e Luz. Namastê

      Responder

  4. Muito interessante. São dicas simples que podem ser realizadas sem complicações. Grata pelo artigo.

    Responder

    1. Gratidão pelo seu comentário, Bernardete! Namastê.

      Responder

  5. Maria Luiza Gavioli 13 de fevereiro de 2017 em 17:40

    Vc está sempre me ajudando muito obrigada!!

    Responder

  6. Excelente artigo. As dicas são perfeitas!

    Responder

    1. Quem bom que gostou, Jane! Gratidão pelo comentário. Namastê

      Responder

  7. Dicas excelentes, nada que eu nao possa fazer. Sinto como esse chacra estivesse mesmo paralisado, precisando de um empurraozinho para funcionar. Obrigada pelas dicas Augusto. Namastê.

    Responder

    1. Fico feliz que gostou, Patricia! Gratidão pelo comentário e presença por aqui. Juntos vamos evoluindo. Namastê

      Responder

  8. Obrigada. Gosto muito de tudo que você ensina. Fico realmente feliz.

    Responder

    1. Olá, Teresinha. Bom saber! Meu coração se enche de alegria, também. Gratidão. =)

      Responder

  9. Gostei muito do artigo. Obrigafa

    Responder

    1. Gratidão pelo comentário, Luísa! Abraços

      Responder

  10. Grata!! Parabéns!! Continue a fazer este belo trabalho!! Sobre este chakra, tão essencial,mas sobre os outros tb

    Responder

    1. Gratidão pelo feedback, Liliana! Em breve postarei sobre os demais chakras. Namastê

      Responder

  11. Gostei muito já fazia algumas das dicas

    Responder

    1. Gratidão pelo comentário, Regina! Namastê.

      Responder

  12. Raquel Gabrielli Biffi 12 de fevereiro de 2017 em 16:23

    Muito bom….acho tudo isso ótimo…adoro abraçar árvores.Abs

    Responder

    1. Legal! Grato pela participação, Raquel. Abraços

      Responder

  13. Adorei a leitura.Vou praticar com frequência o que eu puder.Grata por ter compartilhado.

    Responder

    1. Também te agradeço, Fernanda! Abraços

      Responder

  14. Gosto muito dos textos,da meditação guiada.Tenho aproveitado bastante.

    Responder

    1. Bom saber, Eliane! Gratidão pelo comentário. Namastê

      Responder

Deixe seu comentário aqui!