A Existência Precede o Pensamento

Penso, logo, existo?

Será que Descartes, o criador deste famoso aforismo, estava certo?

Neste episódio compartilho com você a minha opinião a respeito deste assunto.

Fique em Paz!

Augusto Genehr

Postado por Augusto Genehr

Augusto Genehr é Terapeuta Holístico, mestre em Reiki, Astrólogo, Instrutor de Yoga e Meditação. Há 8 anos se dedica profissionalmente a ajudar pessoas a se harmonizarem através do autoconhecimento.

  1. Ola, gostei mto do site, da sabedoria aqui repassada, e embora me sinta obrigada a elogiar e reconhecer a positividade aqui transmitida, tenho que discordar desse post, pois o argumento do filósofo Descartes era para através do método de busca pela essência e verdade utilizando-se da dúvida e questionamentos, ou seja, a partir de um pensamento crítica, constatar que se pensamos logo existimos, é um resultado de um questionamento existencialista pessoal e não que ele tenha reduzido o ser humano apenas ao pensamento, a idéia dele não foi fielmente analisada neste post, fora isso concordo com td q disse, somos mais que um pensamento (embora esta faculdade seja de suma importância, ainda estamos longe de conhecer todo o potencial do espírito imortal

    Responder

    1. Grato por se expressar, Raphaela! Seja bem vinda, sempre. =) Namastê

      Responder

Deixe seu comentário aqui!