Um erro fácil de se cometer ao decidir lutar por uma boa causa.

Um erro fácil de cometermos quando decidimos lutar por uma “boa causa” é acharmos que esta batalha exterior, por si só, é o suficiente para trazer bons resultados.

Não que seja errado ter uma posição firme diante dos problemas que precisam ser resolvidos.

A questão é: a realidade interna condiz com a postura externa? Vivemos esta boa causa que queremos impor aos outros?

Por exemplo… Se lutarmos pela paz e o amor, faz sentido fazermos isso com o coração cheio de raiva, rancor e insatisfações?
Neste caso, pode até parecer que algo importante está acontecendo. Poderemos, inclusive, receber aplausos por nossas boas intenções.

Mas se existe um abismo de distância entre a postura externa, que é lutar por uma boa causa, e a realidade interna, que são os pensamentos e sentimentos presentes em nós, mais cedo ou mais tarde a verdade virá à tona. Mais conflitos são gerados e menos em paz e amor estaremos.

Por isso, ao decidirmos lutar por uma boa causa, como um mundo de paz e amor, isto só trará bons resultados se estivermos vibrando internamente na frequência elevada destes nobres sentimentos.

A realidade interna fala por si mesma e já é a própria luta, mesmo que nenhuma ação externa esteja sendo feita. É lutar sem lutar.
Aqui vai a minha dica de terapeuta vibracional: quando sentir vontade de ir a luta por uma boa causa, verifique antes, como está a qualidade dos seus pensamentos e sentimentos. Entre em contato com seu mundo interior e veja que tipo de vibrações estão presentes.

Questione-se: estou vibrando em uma boa frequência? O amor está presente, agora? Sinto compaixão por todos os seres, inclusive aqueles que estão fazendo o papel de vilão?

Se a resposta for não a estas perguntas é um bom sinal que antes de fazer um trabalho externo é necessário parar um pouco e fazer um trabalho interno. Se retire da confusão exterior o tanto quanto for possível. Mergulhe em si mesmo(a). Peça ajuda, se precisar.

Se a resposta for sim às perguntas anteriores, parabéns, vá em frente. Levante sua bandeira e seja um farol de luz para a humanidade.

O caminho espiritual é cheio de armadilhas. Esteja firme no amor que há em seu coração. Se isto estiver seguro, qualquer ação que decidir fazer, mesmo que seja não agir, estará causando grande benefício a todos os seres.

E você, o que pensa sobre este assunto? Por amor, deixe seu comentário, sua participação é muito importante!

📘 Se quiser aprender os conhecimentos e técnicas que uso para elevar e harmonizar minha vibração pessoal baixe gratuitamente o e-book
Manual Prático de Saúde Vibracional acessando o link a seguir: https://saudevibracional.com.br/ebook-download/

Namastê
Augusto Genehr

Postado por Augusto Genehr

Augusto Genehr é Terapeuta Holístico, mestre em Reiki, Astrólogo, Instrutor de Yoga e Meditação. Há 8 anos se dedica profissionalmente a ajudar pessoas a se harmonizarem através do autoconhecimento.

  1. Gostei muito desse texto, me identifiquei bastante com ele.
    Em uma certa religião eu lutava em prol da felicidade dos outros, mas eu não importava com a felicidade nem da minha família quanto mas dos outros! Só depois que sai dessa religião que percebi que a causa que eu lutava com tanta bravura não tinha o menor sentido e nunca senti alegria nenhuma por causa disso.
    Ah se esse argumento tivesse aparecido naquele tempo, minha luta teria mais êxito!!!!

    Responder

Seu comentário é muito importante! Gratidão.

%d blogueiros gostam disto: